São Paulo / SP - quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Reposição Hormonal pode Amenizar os Sintomas da Menopausa: Com Helo Pinheiro

Reposição hormonal pode amenizar os sintomas da menopausa 

Reposição hormonal pode amenizar os sintomas da menopausa

O climatério, fase que antecede a menopausa, e a menopausa propriamente dita geram modificações no corpo da mulher que podem causar desconfortos. A redução dos hormônios femininos pode provocar a diminuição da libido; ressecamento da vagina e incômodo para a relação sexual; alterações psicológicas; acúmulo de gordura abdominal; perda de colágeno e alterações na pele, entre outros sintomas. Tratamentos preventivos e reposições hormonais, prescritos caso a caso, podem ajudar a mulher a passar por esta fase da vida de forma mais tranquila.
 
A ginecologista e obstetra Renata Zito explica que o climatério é a fase que antecede a menopausa. É quando o ciclo menstrual começa a ficar irregular, o fluxo em menor quantidade e a mulher passa a sentir sintomas como os fogachos (ondas de calor). “A gente considera uma mulher na menopausa quando ela encerra totalmente, por um ano (o sangramento)”, explica a ginecologista. Ainda de acordo com Renata Zito, a menopausa geralmente aparece entre os 45 e 55 anos.
“A mulher pode entrar na menopausa até depois disso... mas a menopausa, uma vez instalada, é menopausa. Ela dura a vida toda”, completa a médica.
 
Renata Zito explica que o mercado oferece hoje uma gama de medicações que tratam os desconfortos, como hormônios naturais, sintéticos e em diversos formatos - comprimidos, implantes subdérmicos, géis. A dose hormonal necessária para cada paciente deve ser avaliada pelo médico, caso a caso. O acompanhamento médico de rotina é fundamental para garantir a saúde da mulher.

IMPORTANTE.

  • Sempre procure um médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e prescrever medicamentos.
  • As informações aqui disponibilizadas são de caráter exclusivamente informativo.