São Paulo / SP - quinta-feira, 19 de outubro de 2017

HPV: Estudo Comprova Eficácia e Segurança da Vacina

Eficácia, imunogenicidade e segurança da vacina contra o HPV foram comprovadas em estudo randomizado, controlado com placebo, ao longo de mais de seis anos de seguimento e publicado no periódico The Lancet.
.

A vacina para profilaxia do HPV comprovou proteção sustentada. Foram estudadas a eficácia, a imunogenicidade e a segurança da vacina em estudo controlado, randomizado e duplo-cego envolvendo mulheres de 15 a 25 anos, com citologia cervical normal, soronegativas para HPV sorotipos 16 e 18 e que tinham exame oncogênico de DNA de HPV negativo para 14 sorotipos do vírus. Dos 1113 participantes, 560 receberam a vacina e 553 fizeram parte do grupo controle. As amostras cervicais foram testadas a cada 6 meses para DNA de HPV. O manejo de citologias anormais foi previamente especificado e os títulos de anticorpos de HPV 16 e 18 foram avaliados.

.

Os resultados mostram que a eficácia da vacina contra novas infecções pelo HPV 16 e 18 foi de 95,3%. A eficácia da vacina contra neoplasia intraepitelial grau 2 ou acima foi de 100% para lesões associadas ao HPV 16 e 18, e de 71,9% para lesões independentes do HPV.

.

Os achados mostram uma eficácia excelente da vacina a longo prazo, imunogenicidade alta e sustentada, além de segurança favorável para HPV 16 e 18 ao longo de mais de 6 anos de seguimento.

.

Fonte consultada: The Lancet